Clareamento Dental

O que faz os dentes escurecerem?

 

O que faz os dentes escurecerem?

 

Fatores externos ou internos fazem os dentes escureçam. Entre os fatores externos está o consumo com alta frequência de alimentos pigmentados como chá, café, chimarrão, vinho tinto, entre outros. Os fatores internos podem estar relacionados à sua fisiologia, como alterações da estrutura dos dentes e o uso de alguns medicamentos ou substâncias que a afetam o dente durante sua formação. Geralmente os pigmentos externos são removidos através de uma profilaxia adequada. Já para os pigmentos internos é necessário o uso de substâncias clareadoras que irão quebrar as moléculas escuras em mais claras.

O clareamento dental é um dos tratamentos estéticos mais procurados pelos pacientes. Consiste na aplicação de um gel que irá penetrar no dente oxidando as moléculas do pigmento, quebrando em moléculas menores e assim os dentes ficam mais claros. É um tratamento não invasivo com ótimos resultados para conquistar um sorriso bonito e iluminado.

O clareamento pode provocar alteração nos dentes? O clareamento não enfraquece, nem altera a estrutura dentária. Poderá ocorrer somente sensibilidade, geralmente transitória que sessa com a suspensão do uso do clareador. Quando o paciente já apresenta sensibilidade é feito um tratamento específico para previamente ao clareamento. Uma associação de 2 ou 3 tipos de produtos para sensibilidade com mecanismo de ação diferentes é utilizado para reverter esse quadro. Assim, o tratamento clareador pode ser iniciado sem que o paciente sinta dor.

Fatores externos ou internos fazem os dentes escureçam. Entre os fatores externos está o consumo com alta frequência de alimentos pigmentados como chá, café, chimarrão, vinho tinto, entre outros. Os fatores internos podem estar relacionados à sua fisiologia, como alterações da estrutura dos dentes e o uso de alguns medicamentos ou substâncias que a afetam o dente durante sua formação. Geralmente os pigmentos externos são removidos através de uma profilaxia adequada. Já para os pigmentos internos é necessário o uso de substâncias clareadoras que irão quebrar as moléculas escuras em mais claras.

O clareamento dental é um dos tratamentos estéticos mais procurados pelos pacientes. Consiste na aplicação de um gel que irá penetrar no dente oxidando as moléculas do pigmento, quebrando em moléculas menores e assim os dentes ficam mais claros. É um tratamento não invasivo com ótimos resultados para conquistar um sorriso bonito e iluminado.

O clareamento pode provocar alteração nos dentes? O clareamento não enfraquece, nem altera a estrutura dentária. Poderá ocorrer somente sensibilidade, geralmente transitória que sessa com a suspensão do uso do clareador. Quando o paciente já apresenta sensibilidade é feito um tratamento específico para previamente ao clareamento. Uma associação de 2 ou 3 tipos de produtos para sensibilidade com mecanismo de ação diferentes é utilizado para reverter esse quadro. Assim, o tratamento clareador pode ser iniciado sem que o paciente sinta dor.

 

Técnicas:

Existem duas técnicas de clareamento: a caseira e a de consultório. Ambas são realizadas após uma criteriosa avaliação pelo dentista, que irá aplicar a técnica mais indicada para cada caso.

 

Técnica

 

Clareamento Caseiro:

Sempre sob orientação e supervisão do dentista, o paciente realiza o tratamento em casa com uso de um gel clareador numa moldeira de silicone personalizada. O paciente irá utilizar o produto por 1 a 2 horas por dia, dependendo da marca comercial selecionada para cada caso. O tempo de tratamento varia entre 3 e 4 semanas dependendo do grau de escurecimento e da resposta do organismo ao clareador.

 

Clareamento de Consultório:

É realizada pelo dentista no consultório, que primeiramente protege a gengiva do paciente e aplica um gel clareador sobre os dentes em sessões que variam de 40 a 60 minutos. As sessões poderão ser repetidas até 2 vezes. Uma das vantagens da técnica de consultório é que nos casos onde há trinca de esmalte ou retrações gengivais essas áreas são protegidas, o clareador é aplicado somente em esmalte íntegro, reduzindo o risco de sensibilidade.

A diferença principal entre as técnicas é a velocidade do tratamento. O mesmo produto é utilizado, porém em concentrações diferentes, sendo que o clareamento de consultório clareia mais rápido que a técnica caseira. Em alguns casos poderá ser feito uma associação das duas técnicas para otimização de resultados.

Tanto a técnica caseira como a de consultório apresentam excelentes resultados proporcionando dentes brancos, valorizando ainda mais o seu sorriso, aumentando a autoestima o que gera felicidade e autoconfiança ao sorrir. O que você está esperando para expressar toda sua felicidade?

 

Clareamento